Nepal – Como chegar, quando ir e o que fazer

Holy Man

Localizado entre a Índia e o Tibet, o Nepal é um país miudinho no Sul da Ásia.  Mas não se engane pelo tamanho, pois ele é grandioso em diversos aspectos. Ali ficam oito dos dez maiores picos do mundo ( inclusive o Everest), é o paraíso para os amantes de trekking, foi onde nasceu o Buda e tem a bandeira mais legal do mundo. Além disso, tem o povo mais amável que já vi na vida!

Se você curte trilhas, escaladas, história e budismo, o Nepal certamente deveria ser parte dos seus planos de viagem.Esse é um dos meus países favoritos no mundo e está nos meus planos voltar por lá em breve 🙂

Bandeira do Nepal
Bandeira do Nepal

Como Chegar

Não existem voos diretos saindo do Brasil e você terá que fazer uma escala na Índia, Dubai, Emirados Árabes ou Qatar. Essa é a opção mais cara, já que esse trajeto custa a partir de R$ 5 mil. ( Pesquisa realizada em janeiro de 2018).

Mas e aí? O mais viável é combinar Nepal com algum outro país que tenha voos diretos para lá. No meu caso, parti da Índia, onde há duas opções.

É possível pegar um voo de Nova Delhi para Kathmandu, capital do Nepal. O trajeto dura 1h45 e a voos ida e volta por R$ 511.

 

Passagens para o nepal
Trechos Nova Delhi – Kathmandu ( Fonte: Skyscanner)

 

Por terra, é possível pegar um ônibus para Varanasi, por menos de R$ 70 o trecho, mas é uma morte lenta e dolorosa. A viagem dura 21 horas, as estradas são horríveis, o ônibus não tem banheiro e ainda tinha gente fedidinha no meu ônibus.

Quando ir

Entre outubro e dezembro o clima é friozinho, mas o mais procurado para quem quer fazer caminhadas.

Entre janeiro e março o frio aumenta, o que dificulta para quem deseja fazer trekking.

De abril a junho, é a época mais quente e dizem que realmente faz muito calor.

Evite a época das monções, que acontece entre junho e setembro.

Visto

O visto é muito tranquilo! Leve duas fotos 3×4 e faça a solicitação na imigração quando chegar no país. Você pode solicitar o visto de 15 dias ( US$ 25), 30 dias ( US$ 40) ou de 90 dias ( US$ 100). Leve o valor em dólar e já trocado.

Dinheiro

A moeda local é a rúpia nepalesa. Cada 1 dólar equivale a aproximadamente 101.848 rúpias. O Nepal é extremamente barato e gastei em torno de 50 dólares por dia, incluindo hotel.  Caso queira fazer alguma trilha mais longa,você deve gastar um pouco mais.

O que fazer

 

Pokhara Lake.JPG
Lago em Pokhara, minha cidade favorita do Nepal

Provavelmente sua porta de entrada para o Nepal será a capital Kathmandu, onde os vestígios do terremoto de 2015 ainda são evidentes. É possível se hospedar na região do Thamel e conhecer cidades históricas como Bhaktapur, Patan, ver vários templos e até cerimônias de cremação. Da capital também saem voos panorâmicos que sobrevoam o Everest.

A minha viagem coincidiu com o período do Holi Festival, o que foi ótimo! Como  fui fortemente desaconselhada a para a festividade na Índia, aproveitei bastante por lá e foi um dos melhores momentos da viagem.

Dali, é possível pegar um ônibus ou avião para Pokhara, uma cidade linda! Dali saem  a maior parte das trilhas e por isso recebe diversos mochileiros. Eu decidi apenas descansar na cidade e aproveitar os ótimos restaurantes e a tranquilidade do lugar. Com vista para o monte Annapurna, Pokhara também possui trilhas mais leves, um lago lindo e voos de paragliding.

 Mais Posts sobre o Nepal:

O que fazer em Katmandu 

Pokhara, o paraíso bucolico do Nepal 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: