Chapada dos Veadeiros – Como chegar, quanto custa e onde ficar

Localizada quase no coração do Brasil, a Chapada dos Veadeiros é a prova viva de que a natureza não brinca em serviço. Conhecido como “O Berço das Águas”, a região possui aproximadamente 2000 cachoeiras catalogadas distribuídas em 9 cidades.   Muitos moradores acreditam que nem todas foram descobertas.

Leia mais: Roteiro de seis dias na Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros oferece uma infinidade de opções para quem ama trilhas, paredões rochosos, cidadezinhas charmosas, acampamento e, claro, cachoeiras. Tudo isso cercado pela incrível vegetação do Cerrado que, em minha opinião, lembra bastante a região do Sertão nordestino.

Além disso, existe toda uma vibe mística, pois a Chapada dos Veadeiros fica em cima  de uma placa de quartzo gigante, o que, para quem acredita, torna o lugar excepcionalmente energizado. A região também fica no mesmo paralelo que o Macchu Picchu, no Peru.  A energia do lugar é tanta que há boatos que até Ovnis costumam passear pela Chapada.

Localização

Mapa Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros fica a 230 km de Brasília e a 400 km de Goiânia.  As principais cidades são Cavalcante, Alto Paraíso, o distrito de São Jorge, Campos Belos, Colinas do Sul, Monte Alegre de Goiás, Nova Roma, São João D’Aliança e Teresina. As três primeiras são as que oferecem melhor estrutura turística.

Como Chegar

O aeroporto mais próximo da Chapada dos Veadeiros fica em Brasília e a única maneira de chegar a região é de carro e ônibus.

Carro

A região da Chapada dos Veadeiros é enorme e as atrações são muito distantes uma das outras, por isso, resolvemos alugar um carro, que custou R$ 700 por 6 dias. Para quem sai de Brasília, basta pegar a GO-118, que é ótima e bem sinalizada.  

Saímos de Brasília, pela GO-118, que é ótima e bem sinalizada. Para quem vai direto para Cavalcante, como nós,  é preciso ir no sentido Teresina de Goiás, pegar a GO-241 até chegar.

Outra vantagem de ir de carro é que, tanto na ida quanto na volta, é possível parar em alguma cachoeira. Como muitas dirigiamos no meio do nada, deixávamos sempre o tanque do carro cheio. 

Ônibus

Saindo de Brasília, a Real Express  tem ônibus para Alto Paraíso três vezes ao dia. As passagens custam R$ 46,95 ( preços de abril de 2018) e o trajeto dura cerca de 3h30.

Carona

Elas são super frequentes na Chapada dos Veadeiros e existem alguns grupos muito ativos no Facebook, como o Carona Solidária.

Quando Ir

Chapada dos Veadeiros Estrada
Apesar das chuvas, novembro é um ótimo mês para visitar a Chapada dos Veadeiros

Os meses entre maio e setembro costumam ser marcados por períodos de estiagem. Isso facilita bastante as trilhas e diminuem os riscos de tromba d’água nas cachoeiras. Vale lembrar que o volume de água das quedas d’águas estará menor.

De outubro até abril é o período de chuvas. As cachoeiras estarão mais fortes e, dependendo da quantidade de chuva, algumas atrações como o Vale da Lua podem nem abrir.

Fui em novembro, realmente choveu, mas não atrapalhou nossos planos. Vimos as principais cachoeiras que queríamos. A única que não deu para ir foi a Loquinhas que, por conta da chuva, estava com a água bem turva. Por isso, antes de sair sempre checávamos com o pessoal do hotel ou algum guia se os passeios que planejamos para o dia estavam ok.

A Chapada dos Veadeiros recebe turistas o ano inteiro. Julho é o mês mais lotado, por conta do Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros. Feriados a região costuma ficar bem cheia também.

Quanto tempo Ficar

Uma vida inteira seria um resposta lógica. Conhecer toda a Chapada dos Veadeiros é uma missão quase impossível. Mas  com cerca de 6 dias é possível visitar as principais atrações e ter uma ideia do que pretende fazer na próxima viagem.

Na verdade,  mesmo se você tiver apenas 3 dias, não perca a chance.  É melhor ver apenas algumas atrações do que nenhuma, certo?

Onde Ficar

A Chapada dos Veadeiros, como falamos, possui 9 cidades, mas apenas 3 oferecem aos turistas uma melhor estrutura. Apesar disso, existem opções para todos os gostos: para quem deseja  acampar, fazer um retiro espiritual ou opções mais luxuosas.

Alto Paraíso

Jardim Nova Era
Nosso hostel em Alto Paraíso

 

Essa é a cidade mais famosinha da Chapada e a com a melhor infraestrutura. Tem diversos hotéis, restaurantes, lojinhas, bancos, etc.

Embora tenha sido a nossa segunda parada, a cidade costuma ser a porta de entrada para os turistas. Ficamos em um quarto privativo no Hostel Jardim Nova Era (R$100 a diária),  que fica a poucos passos da rua principal e é bem tranquilo. Como não servia café da manhã, íamos a uma padaria perto todos os dias. Mas eles possuem duas cozinhas para quem curte cozinhar. O quarto compartilhado para 4 pessoas ficar em torno de R$ 50 para cada.  Achamos que valeu a pena. O Regis Hostel segue a mesma linha e dizem que é bem legal também.

Em uma próxima visita, eu consideraria ficar no Céu de Agharta, que fica na estrada para São Jorge.

O Tapindaré Hotel é uma opção para quem quer algo mais arrumadinho e fica bem na rua principal.  Para quem quer mesmo acampar, o camping PachaMama tem uma estrutura bem legal e fica entre as estradas de alto Paraíso e São Jorge. Já o Camping Vivero fica a apenas 500 metros do centro de Alto Paraíso.

E para quem quer algo realmente fino, dá uma olhadinha na Pousada Maya.

São Jorge

Este é um distrito de Alto Paraíso e fica na entrada para o Parque Nacional da Chapada. Tem um clima bem good vibes, com ruas de terra e imagens de ETs na sinalização do lugar.  Ali, os turistas são ainda mais ligados no contato com a natureza e misticismo. Ao contrário do que se possa pensar, existe um número considerável de opções de hospedagem por lá.

O Espaço Flora foi muito bem recomendado. Assim como o Camping Quarto Crescente.

Cavalcante

Manacá
Pousada Manacá

Essa é a cidade mais próxima da Cachoeira Santa Bárbara ( aquela com água azul piscina, sabe?). Muitos visitantes ainda optam por fazer um bate e volta entre a cachoeira e Alto Paraíso e, por isso, o turismo na cidade ainda é bem tímido.

Mas eu achei uma gracinha e vale muito a pena ficar pelo menos uma noite por lá. Ficamos na Pousada Manacá, que é  uma  gracinha! E teve o melhor café da manhã que provamos em toda viagem.

Quanto custa viajar para Chapada dos Veadeiros

Como sempre digo, isso é algo que depende muito do perfil de cada um.  Tirando as cachoeiras, que têm o preço tabelado, poderíamos ter economizado mais em alimentação ou até mesmo na hospedagem. Também poderia ter saído mais cara, se não estívessemos com o carro e contratado uma agência para fazer os passeios,  ficado em hotéis com mais mordomia ou feito o passeio de balão.

Tirando o preço da passagem, achei a Chapada dos Veadeiros um destino bem barato, principalmente se compararmos com Brasília, que é bem caro!

Gastos Chapada dos Veadeiros

O que levar na mala

  • Roupa de Banho
  • Toalha e Canga
  • Chapéu ou boné
  • Sapato apropriado para trilha
  • Protetor solar
  • Repelente ( você vai usar muito)
  • Casaco para usar à noite
  • Mochila para usar na trilhas
  • Cantil de água
  • Calça para caminhada
  • Óculos de sol
  • Vestidinhos leves
  • Havaiana e uma rasteirinha
  • Remédios ( Depois de caminhar o dia inteiro, provavelmente você vai precisar de Dorflex)

 

Anúncios

Um comentário em “Chapada dos Veadeiros – Como chegar, quanto custa e onde ficar

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: