Salar de Uyuni – Onde Fica, Como Chegar e Quanto Custa

O Sul da Bolívia guarda uma das paisagens naturais mais impressionantes da América do Sul. O Salar de Uyuni, maior deserto de sal do mundo, possui mais de 10 mil quilômetros de extensão e aproximadamente de 25 mil toneladas de sal.  

Todos os dias, dúzias de turistas desembarcam em Uyuni para explorar este lugar único. Com apenas 10 mil habitantes, a economia da pequena cidade gira em torno do turismo. São inúmeras agências, pousadas e restaurantes que disputam a atenção dos viajantes. Enquanto isso, grandes empresas exploram o Salar de outra forma, retirando minerais como lítio e sódio.

Se você sonha em conhecer o Salar de Uyuni, preparamos um guia contando tudo que você precisa saber para organizar sua viagem.  Como chegar? Quanto custa? Quando ir? Como são os tours? A gente conta tudo nesse post 😉

Como chegar

Mapa Salar de Uyuni

Na Bolívia, os tours para o salar saem de Uyuni, que fica a 600 km de La Paz. A cidade possui um pequeno aeroporto doméstico que recebe voos diários de La Paz, Sucre e Santa Cruz de la Sierra. . Os preços das passagens variam entre R$ 380 e R$ 500.

Também é possível pegar um ônibus saindo de La Paz. Como são 10 horas de estrada, a maneira menos sofrida é pegar um ônibus leito e fazer a viagem noturna. Fui com a empresa Panasur, foi super tranquilo e paguei cerca de $20 dólares na passagem.

Cheguei em Uyuni às 6h. Como a cidade em si não tem grandes atrativos, comecei a travessia algumas horas depois. Apenas tomei café e paguei para tomar banho em uma pousada no centro.

Para quem está no Deserto do Atacama, no Chile,  quase todas as agências também oferecem o tour de três dias até lá. .

Quando ir

Cactus salar de uyuni
O Salar de Uyuni pode ser visitado o ano inteiro

A boa notícia é que o Salar de Uyuni pode ser visitado quase o ano inteiro. Fevereiro e março, período de chuvas na região, são os meses para quem deseja ver o salar com aquele efeito espelhado. Em janeiro, as chuvas são mais fortes e existe o risco dos passeios serem cancelados.

A má notícia, pelo menos para mim, é que é sempre frio. Junho, julho e agosto são os meses mais frios, com mínima de -15 graus durante à noite. Entre dezembro e março os turistas podem aproveitar o salar com um frio menos dramático, já que a mínima costuma ser 5 graus

Abril, maio, setembro, outubro e novembro,  são os meses de temperatura mais amena. Fui em novembro e a temperatura chegava a 20 graus, mas caia para abaixo de zero durante à noite.

Em alguns pontos venta muito,  o que torna a sensação térmica muito pior.  

Agências

Não precisa fechar nada com antecedência. Assim que você desce do ônibus, você é incessantemente abordado por vendedores. Aliás, deixar para fechar a agência por lá é uma garantia de conseguir preços melhores e sempre há vagas. Todos os dias, dezenas de carros saem de Uyuni por volta das 09h. A viagem é feita em um carro 4×4 que leva 6 turistas.

Antes de chegar, dei uma olhadas nas agências mais bem avaliadas no Tripadvisor. Acabei escolhendo a Salty Desert e recomendo muito. Embora o roteiro seja o mesmo em todas, existem vários relatos de motoristas descuidados, carros quebrados, comida ruim… Então escolher uma boa empresa faz toda a diferença.

O motorista falava apenas espanhol. Ele conhecia bem a região, dava explicações sobre a história e geografia e tirava ótimas fotos.

Como é a viagem pelo Salar de Uyuni

Salar de Uyuni grupo
Salar de Uyuni é garantia de ótimas fotos

Em Uyuni, as agências oferecem tours que vão de 1 a 4 dias. O de um dia é um bate e volta para o deserto de sal e cemitério de trens. Escolhi o passeio de três dias e, além do Salar, passamos por inúmeras lagoas, geisers, dormimos em um hotel de sal e vimos flamingos, muitos flamingos 🙂

Eu fui psicologicamente preparada para uma viagem cheia de perrengues, com comida ruim e hotel capenga. Fui surpreendida positivamente. Claro que, no meio de um deserto, não dá para esperar grandes luxos, mas achei a estrutura boa. Durante duas noites, dividi o quarto com meninas que estavam no mesmo grupo de viagem.

Primeiro Dia

Cemiterio de Trem
O Cemitério de trens é a primeira parada da viagem

A primeira parada é ainda em Uyuni, em um cemitério de trens. Os vagões foram trazidos para Bolívia no início do século 20 e a corrosão é acelerada por conta do sal. Em seguida, segue para um mercado, na entrada do Salar, onde dá para comprar souvenirs feitos de sal.

Salar de Uyuni
Salar de Uyuni, prazer!

Durante o primeiro dia, o deserto de Sal é a grande estrela!  Percorremos quilômetros de uma imensidão branca impressionante. É surreal pensar que, um dia, toda essa região foi coberta pelo mar.

Restaurante de Sal
Restaurante onde a maior parte dos tours fazem parada no primeiro dia

Paramos para almoçar em um restaurante de sal. Tijolos, mesas, cadeiras…tudo feito de sal. A refeição foi boa, com porções generosas de carne, quinoa, salada e refrigerante.

Cactos Salar de Uyuni
Um pedacinho da Incahuasi, uma ilha cheia de cactos no meio do deserto de sal

Depois do almoço, seguimos para a Incahuasi, uma ilha de cactos gigantes ali no meio do deserto.  Passamos a noite no Hostal de Sal Los Lipez. Assim como o restaurante, tudo era feito de sal, inclusive as camas. Tinha água quente e o quarto era aquecido.

 

Segundo Dia

Laguna Colorada - Bolivia
A Laguna Colorada está no roteiro do segundo dia da viagem

No segundo dia, o branco do deserto de sal fica para trás e fomos apresentados as outras cores da região. Durante todo o dia, vimos lhamas e vicunhas correndo livremente por ali.

Paramos no Salar de Chinguana, que possui uma quantidade menor de sal e é misturado com areia. O mais bonito ali é a vista para o vulcão Ollangue. Depois a gente sobe um morrinho para vê-lo de outro ângulo.

Laguna Bolivia
Um latifundio de flamingos hahaha

Mas o auge do dia são as Lagunas do Altiplano Boliviano.  As águas da laguna refletem com perfeição as montanhas e são o lar de centenas de flamingos. Inclusive, uma quantidade muito maior do que vi no Atacama.

Almoçamos com vista para a Laguna Cañapa, uma das melhores vistas que já tive durante uma refeição.

Arvore de Pedra
A Árvore de Pedra é um dos pontos mais famosos do tour

Passamos pelo Deserto Siloli, onde fica a famosa árvore de pedra. A Laguna Colorada, com águas em tom vermelho por conta das algas, marcou o final do dia.

Passamos a noite em um hotel mais simples, mas quentinho. Apesar de também oferecer duchas, difícil encarar a água gelada!

Terceiro Dia

laguna Verde
Laguna Verde. O fim da minha viagem na Bolívia

O dia começa muito cedo. Ainda antes do sol nascer,  saímos para ver os geisers. Depois passamos pelas piscinas termais. A última parada, para mim, foi a Laguna Verde.

Imigração Bolívia
Fila da imigração da Bolívia

Depois disso, o motorista me deixou na fronteira com o Chile, onde peguei o ônibus para o Deserto do Atacama.

O resto do grupo retornou para o Uyuni e, segundo o motorista, passariam por mais duas lagoas.

Quanto custa conhecer o Salar de Uyuni

Escolher fazer o Salar de Uyuni saindo da Bolívia é a maneira mais barata. O valor do pacote inclui: transporte, hotel por duas noites, todas as refeições e, no meu caso, consegui negociar e incluir a passagem de ônibus da fronteira do Chile para o Atacama. O valor não inclui ingressos, que devem ser comprados a parte.

Antes de começar a viagem, passe em um dos mercados e leve pelo menos 5 litros de água e alguns lanches.  

 

Valor em Bolivianos Valor em Reais ( cotação de fevereiro de 2019)
Tour de 3 dias 670 Bolivianos R$ 356
Entrada Incahuasi 30 Bolivianos R$16
Entrada Reserva Nacional da Bolívia 150 Bolivianos R$ 80
Banho 10 Bolivianos R$ 5,50
Comida 50 Bolivianos R$ 27
Termas 20 Bolivianos R$ 10
Imigração ( saída da Bolivia) 15 Bolivianos R$ 8

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: