O que fazer em Nova Delhi

Se você está planejando uma viagem para Índia, há grandes chances de Nova Delhi ser sua primeira parada, já que a cidade possui um dos principais aeroportos no país. E a chegada na Índia é um baque.

Nova Delhi  é caótica? Sim. É barulhenta? Demais. É sujinha? Sem dúvidas. Mas também tem shopping centers, bons restaurantes, incontáveis templos interessantes, vários monumentos e museus que contam partes importantes da história indiana. 

Quanto tempo ficar

Definitivamente, há muita coisa para fazer em Delhi, mas não era uma cidade que me atraia muito…então reservei apenas dois dias inteiros.  Mas acho que  três ou quatro dias é o suficiente para ver boa parte dos pontos turísticos.

O que ver em Delhi

Indian Gate

 

DSC_0118.JPG
Indian Gate, um dos principais pontos de Nova Delhi 

 

O monumento foi erguido para homenagear os cerca de 90 mil soldados indianos que morreram na primeira guerra.  Hoje, mais do que um ponto turístico, este é um local de lazer para várias famílias. O lugar é bem arborizado e é uma miscelânia de turistas, vendedores, crianças e locais.

Por ficar no coração de Delhi, o Indian Gate é palco dos principais acontecimentos da cidade. Ele é um dos locais mais cheios durante o Holi Festival e também é o local escolhido quando os indianos decidem protestar por algo. Evite dias como esse para visitar o local, especialmente se você for mulher.

Memorial Gandhi

O lugar onde Gandhi passou os seus últimos anos e também foi assassinado foi transformado em um memorial. O local tem um acerto de objetos pessoais, como a roupa que usava no dia de sua morte. Ali fica um monumento onde as cinzas do líder pacifista estão depositadas.  Em um dos jardins existe um espaço que o visitante é convidado a refazer os últimos passos de Gandhi.

Ali pertinho fica o Raj Ghat, local onde  Gandhi foi cremado e partes das suas cinzas foram depositadas.

O memorial fica aberto das 9h às 17h.  Ah!  Fecha as segundas. Entrada gratuita.

Túmulo de Humayun ( Humayun Tumb)

 

DSC_0203
O Túmulo de Humayum inspirou nada menos que o Taj Mahal

 

Todo mundo já ouviu falar do Taj Mahal, mas poucos sabem que ele foi inspirado neste túmulo do século 16. Tombado pela Unesco, este foi o primeira jardim cemitério do subcontinente indiano e possui cerca de 150 membros da família real estão enterrados lá. Mas o que torna o local atrativo para os turistas é a arquitetura do lugar, que preza pela simetria perfeita. Um traço característico das construções muçulmanas.

Foi, de longe, o lugar mais gostei em Delhi. Vale muito a pena a visita. Tire pelo menos uma manhã para caminhar pelos jardins e ruínas do lugar.

Preço da entrada: 500  rúpias ( US$8 ).

Templo Akshardham

Akshardham_angled
Akshardam Temple – o maior templo hindu do mundo / Imagem: Wikipedia 

Este é considerado o maior templo hindu do mundo e foi inaugurado em 2005. Ele realmente é impressionante. A construção de quase cem metros e é toda entalhada com imagens que contam a história da Índia e de deuses.

Embora seja um lugar religioso, o templo é cercado por várias outras atrações que deixam o lugar com cara de parque temático. É possível fazer um passeio de barquinho, que passam por um túnel cheio de deuses ou asssitir o water show, que acontece todos os dias, às 18h. Há também várias lojas de lembrancinhas e uma praça de alimentação.

O Akshadham Temple é bem bonito, mas não é permitido entrar com câmeras, celular ou qualquer eletrônico.

A entrada custa 170 rúpias ( menos de $2,60)

Templo Gurudwara Bangla Sahib

 

DSC_0141
Gurudwara é o maior templo da religião Sihk na região de Delhi 

 

Esse foi o primeiro templo que visitei na Índia e, nossa, como é bonito! O Sihkimos é uma das religiões mais antigas da Índia e surgiu por volta do século 16. O templo Sihk Gurudwara é o maior templo da religião em Delhi.

Na parte externa do templo existe uma “piscina” cujas águas são consideradas sagradas. Há duas entradas separadas para homens e mulheres, que se banham em lados separados. .

No templo também são servidas refeições vegetarianas gratuitas. Esse salão fica sempre bem cheio.

Forte Vermelho ( Red Fort)

É uma construção do século 17, feito com pedras de tom avermelhado. A entrada custa 250 rúpias (cerca de $4).

Como fiquei pouco tempo em Delhi, tive que elencar prioridades. Quando estava montando o roteiro, achei os fortes de Agra e do Rajastão me pareceram bem mais interessantes e acabei cortando o Forte Vermelho dos meus planos.  Não me arrependo, mas também não posso opinar muito sobre o lugar…hehe

Templo de Lótus

 

DSC_0221
Lotus Temple visto de fora, já que câmeras e celulares são proibidos 

 

Construído com um formato de uma flor de lótus, ao contrário dos outros , este templo não é dedicado a um deus específico, mas para pessoas que desejem praticar sua espiritualidade, independente da religião. Então você não vai encontrar imagens de deuses ou símbolos de nenhuma religião.

Mas entrar lá é um teste de paciência é fé: a fila é enoooorme e demora um tempo considerável para entrar. Também não são permitidas câmeras ou celulares.

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: