Trinidad – Complicada e perfeitinha

Depois de alguns dias repletos de tranquilidade na parte rural cubana, a próxima cidade escolhida foi Trinidad, que fica aproximadamente a 7 horas de viagem de Viñales.

Trinidad   Google Maps

Meu erro 1: peguei um carro compartilhado com seis pessoas que iam ficar em Playa Larga, perto de Cienfuegos. Isso causou um desvio de caminho e as 7 horas de viagem se tornaram 12.  O trajeto me custou 40 CUCs.

Para quem sai de Havana, são três ônibus por dia. No site da ViaAzul é possível checar os horários e o tempo estimado.

Meu erro 2: Antes de sair de Viñales fiz o booking de uma casa colonial em Trinidad, com Antonio y Mari  No entanto, ao chegar lá ela me avisa que ficaria em outra casa, que era um apartamento minúsculo que nada lembrava a casa antiga, espaçosa, com o quarto enorme e café da manhã em um jardim lindo que aluguei. Como estava muito cansada e estava bem tarde, fiquei nesse apartamento, mesmo muito puta da vida.

É normal que as casas redirecionem os hospedes caso eles estejam cheios, mas eles sempre informam isso antes e deixam que você faça a escolha. A Mari agiu de má fé e inclusive fez o mesmo com o casal de amigos que chegou no dia seguinte. Então não é um lugar que recomento para ninguém, até porque o que não falta em Trinidad são casas particulares.

Mimimi feito, vamos falar de Trinidad.

A cidade conta uma história diferente da de Havana. Enquanto a capital tem um charme decadente e uma arquitetura dos anos 50, Trinidad tem ares mais pitorescos que remetem aos tempos coloniais, como algumas cidades de Minas.

Trinidad
Trinidad

Ela foi a terceira cidade fundada por espanhóis na ilha no início do século 16. O ápice da cidade local veio centenas de anos depois, no século XIX, graças a produção de açúcar.  Embora a economia tenha declinado rapidamente, ela ainda conserva o charme colonial, com ruas de pedra, casinhas coloridas e é considerada patrimônio da humanidade pela Unesco.

Ela tem uma vibe super turística, o que faz com que tenha um assédio parecido com o de Havana. Também achei as pessoas ríspidas em várias situações, mas talvez esse impressão tenha sido por conta do contraste com a tranquilidade de Viñales. Quem vai direto Havana tem uma percepção diferente.

O melhor de Trinidad é que ela respira arte. São incontáveis galerias com pinturas e esculturas feitas por artistas locais. Acabei comprando um quadro do Che bem massa que até hj não sei onde pendurar.

GaleriaTrinidad

Adorava acordar cedinho e tirar fotos da cidade ainda calma, sem os ônibus de excursão. Há alguns museus pela cidade e, pelo que percebi, todos são em casarões de antigos fazendeiros ricos do século 18 e 19.

Onde Comer

Trinidad também tem a melhor comida que provei em Cuba. São inúmeros cafés charmosos, paladares em casas coloniais e restaurantes com pratos deliciosos. Gastava, em média, 10 CUCs em uma refeição.

O restaurante La Botija é meu favorito.  Ele fica aberto 24 horas e serve até café da manhã.  A partir do final da tarde sempre tem um grupo musical. A comida é bem gostosa e o atendimento é ótimo.Aliás, no final da tarde é bom escolher um restaurante com miradores para ver o pôr-do-sol

Baladinhas

Assim como em todas as cidades cubanas, Trinidad também possui sua Casa de la Musique. Mas o lugar mais famoso lá é a Gruta Ayala, uma balada em uma caverna, que funciona todos os dias a partir das 23h e fecha por volta das 3h.

O lugar tem esse nome por conta de um suporto antigo morador: Carlos Ayala, o mais célebre serial killer da história da ilha. No seculo XIX ele costumava sequestrar crianças que eram mortas dentro da caverna. Algumas pessoas afirmam que ele matou cerca de 15 crianças, outros acreditam que ele nunca existiu e é apenas uma lenda urbana, tipo a loira do banheiro.

Para chegar lá, você tem caminhar pelas ruas de pedra da periferia da cidade, então deixe o salto em casa. A entrada custa 3 CUCs, que ainda te dá direito a uma bebida.  O auge da noite por volta das 1h da madrugada, quando entram vários artistas como engolidores de fogo e acrobatas.

Passeios

Uma das coisas bacanas em Trinidad é que além da parte histórica, a cidade é cercada por natureza. Então é possível ir à praia ou fazer passeios de cavalo e trilhas facilmente.

Playa Ancon

10301054_10153785290529319_1253613690641376274_n

A apenas 13 kilometros de Trinidad, fica uma praia que de água verdinha transparente e bem tranquila. Embora não tenha me deixado de queixo caído, tirar um dia pra ficar de perna pra cima na praia lendo um livro sempre é uma boa ideia. 🙂

O legal é que o lugar é sossegado e você pode usar as espreguiçadeiras do hotel por 2 CUCs ou apenas ficar nos sombreiros, que são de graça. A equipe do hotel não é invasiva e não fica oferecendo coisas insistentemente.

11214219_10153785290499319_1991184857605205663_n

Chegamos lá de carro, que curstou 9 CUCs por trecho.  Mas também é possível em um ônibus de turismo que sai três vezes por dia, em frente a Havana Tur, por apenas 5 CUCs.

Tem também que alugue uma bike e vai pedalando, mas não sou dessas…hehe

Vale dos Engenhos – Sinceramente, depois de passar alguns dias em Viñales não achei a parte rural de Trinidad interessante e decidi não fazer o passeio. Na época que fui, a cachoeira estava com pouca água, então nem fiz questão.

Mas, para quem quiser, várias pessoas oferecem no centro da cidade passeio de cavalo ou trilhas por 9 CUCs.

Não sabe por onde começar a planejar sua viagem para Cuba? Dá uma olhada nos outros posts:

Dez coisas que você precisa saber sobre Cuba

Havana – Por onde começar

Um dia pela Havana Vieja

Viñales – O lado rural de Cuba 

Cayo Levisa – Nossa primeira parada no Caribe cubano

Trinidad, complicada e perfeitinha

Santa Clara, a peça-chave da revolução cubana

A simplicidade de Rémedios

Cayo Las Brujas e Cayo Santa Maria

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: